Reportagem de dez anos atrás apontou Steve Jobs, líder da Apple, como o Henry Ford do século XXI

Se o lançamento dos novos modelos de Iphone (8, 8 Plus e X), neste mês, causou a celeuma vista terça-feira, 12, imagine o que aconteceu com o anúncio dos primeiros produtos da marca que revolucionou os aparelhos celulares do mundo. A mídia dedicou suas capas a esse evento histórico e apresentou o smartphone que viraria mania também no Brasil.
A reportagem de apenas dez anos atrás (a gente se habituou tanto com as inovações trazidas pelo aparelho que parece bem mais tempo) não poupou elogios ao smartphone e à Apple. “As tecnologias refinadas, dizia Carl Sagan, funcionam como mágica. O iPhone, o telefone celular da Apple com acesso à internet e música de qualidade, é um exemplo.” E apresentava, maravilhada, o sistema touchscreen: “Passa-se o dedo levemente sobre a superfície da tela e as imagens deslizam na mesma direção como que impulsionadas por uma força invisível. Movam-se os dedos indicador e polegar como uma pinça que se se abre sobre a tela e a imagem imediatamente é ampliada. O movimento contrário encolhe a imagem.”

“Jobs não era excepcionalmente inteligente, mas era gênio”

Os adjetivos se estenderam ao presidente da Apple, Steve Jobs. “A apresentação do iPhone na semana passada entroniza o americano Steve Jobs, de 51 anos, como o Henry Ford do século XXI, o empreendedor que está criando não apenas as máquinas mais extraordinárias mas fazendo-o de modo que elas sejam acessíveis, se não às massas, a milhões de pessoas.”

A reportagem segue e dedica vários trechos a detalhes do novo aparelho — “O iPhone é multitarefa: consulta-se a web ao mesmo tempo em que se baixam e-mails em um segundo plano”— e ressalta o tamanho e a importância do lançamento da Apple: “A criação do iPhone produziu 200 novas patentes para a empresa. Isso é o dobro do que o Brasil registra em um ano”.

Finalizando o texto, o serviço para os então ansiosos amantes de tecnologia. “O iPhone chega ao mercado americano em junho, em duas versões:

  • 8 gigabytes de memória
  • 2 000 músicas, ou 25 000 fotos, ou 10 horas de vídeo
  • Preço: 599 dólares

O modelo de 4 gigabytes custará 499 dólares.”

fonte: Veja.com